São muitos dos tipos de impressão e as mais variadas técnicas são utilizadas no processo, entre elas estão a Offset, Digital, Plotagem, Rotogravura, Flexografia e Serigrafia (Silk-screen). Seja para pequenas ou grandes tiragens, metros ou centímetros, alta qualidade ou para prazos apertados sempre há um tipo de impressão para cada necessidade.

Daí a importância de definir, durante ou antes da elaboração do projeto gráfico, o sistema de impressão que será utilizado. Por isso, sempre esteja ciente das características de cada tipo de impressão.

Atualmente, a Zap Gráfica trabalha com os dois processos de impressão mais utilizados no mercado gráfico do Brasil e do mundo, sendo eles Offset e Digital. O sistema de impressão Offset, um dos mais tradicionais, é baseado na repulsão natural entre a água e tinta. Já o sistema de impressão Digital é o mais atual e rápido meio de imprimir, isto porque o modo de produção da imagem ocorre do computador direto para a impressora.

Cada processo de impressão tem os seus prós e contras, por isso é preciso conhecer as suas particularidades para escolher a mais adequada às suas intenções.

Confira abaixo as características que preparamos e um breve infográfico comparativo entre os dois tipos de impressão.

Impressão Offset

O sistema de impressão offset é um processo planográfico que surgiu na segunda metade do século XX. O nome OFFSET – fora do lugar – vem do fato da impressão ser indireta, ou seja, a tinta passa por um cilindro intermediário (blanqueta) antes de atingir o papel.

Utiliza matriz de chapa de alumínio para reprodução, tintas pastosas à base de óleo, imprime em todos os tipos de substratos, demandando algum tempo de secagem. As cores CMYK são impressas uma a uma e formam as imagens por adição da pigmentação das cores. O sistema Offset de impressão é o mais comum na indústria gráfica.

Aplicações: O sistema Offset possibilita a produção de grande variedade de produtos, como revistas, jornais, panfletos, cartão de visita, credenciais, blocos de anotações, mini cartões, mini panfletos, entre outros.

 

Impressão Digital

A impressão digital é um método no qual a imagem é gerada partir da entrada de dados digitais direto do computador para a impressora de produção, além de possuir a flexibilidade de atender pequenas tiragens.

Durante o processo, pode-se considerar que a impressão digital é o resultado do registro sobre o papel, ou outro suporte, sem há necessidade de gravar qualquer tipo de matriz, para transferências dessas informações.  Na década de 90 que se deu início ao processo de impressão digital, como evolução da impressão gráfica tradicional.

Aplicações: Materiais promocionais em geral, adesivos personalizados, cartões de fidelidade, cordões para crachás, cardápios, blocos e talões, convites, folhas avulsas, foto-ímã, rótulos, ingressos de segurança, ímãs de geladeira, entre outros.

 

 

Ficou com alguma dúvida em relação aos tipos de impressão? Use o formulário abaixo para enviar a sua dúvida, sugestão ou comentário para o nosso blog. 😉

 

  1. As duas estão marcadas como “excelente definição”, então para o requisito de qualidade e definição da coloração do material não tem uma melhor que a outra? Obrigado.

    • Olá Carlos Roberto, bom dia!
      Obrigado pela sua participação em nosso blog, realmente não tem como a gente definir qual impressão é melhor do que a outra. O bom mesmo é você conhecer muito bem o seu projeto gráfico e já definir qual a melhor atenderá o seu projeto.
      Abraços.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>